Atualizado em 11/01/2023 14:46 por Éter 7 News
Início Gastronomia Receitas Biscoito de polvilho e queijo

Biscoito de polvilho e queijo

De fato, fazer biscoito de polvilho e queijo pode parecer difícil à primeira vista, mas você verá ao longo desse artigo que é mais simples do que você pensa.

Anúncio

Em suma, tudo o que você precisa é ter uma boa receita em mãos para seguir passo a passo.

Por isso, nós trouxemos no artigo de hoje uma receita completa de biscoito de polvilho e queijo. Confira para saber mais!

Anúncio

Receita de biscoito de polvilho e queijo

Ingredientes

  • 1 quilo de polvilho doce
  • 1 colher de sopa de sal
  • 2 xícaras de leite
  • 2 xícaras de óleo
  • 6 ovos
  • 2 xícaras de queijo curado ou queijo ralado de sua preferência

Como fazer?

Para fazer essa receita é muito simples. Tudo o que você precisa fazer é juntar o sal juntamente com o polvilho doce.

Em outra tigela, junte o óleo junto com o leite e leve para o fogo para ferver.

Quando ferver, vá derramando sobre o polvilho até molhar tudo muito bem.

Por fim, acrescente os ovos e também o queijo de sua preferência.

Divida a massa em pequenas bolinhas e leva ao forno a 180 graus por 30 minutos.

Está pronto para ser apreciado.

Benefícios do polvilho para a saúde

De fato, há muitos benefícios importantes que o polvilho pode trazer para a saúde. Em primeiro lugar, é importante saber que se trata de um alimento que vem da farinha de mandioca e, portanto, possui os mesmos benefícios.

Entre os benefícios podemos destacar:

Alternativa aos celíacos

A farinha de mandioca pode ser uma alternativa saudável especialmente para pessoas celíacas e para aquelas que apresentam algum tipo de intolerância ou alergia não só ao glúten, mas a qualquer outra proteína que os cereais contêm.

Não só o fato de ser livre de glúten é um de seus valores, além disso, outros benefícios que ela pode trazer para todos nós são:

Fornece energia

A raiz de mandioca é rica em amidos e provavelmente você conhece outros produtos que encontram nela a sua matéria-prima.

É o caso do polvilho, uma fécula, normalmente pré-cozida, que se apresenta na forma de grãos, feitos a partir de amido de mandioca. Ou seja, dos amidos da planta.

A farinha não é exatamente a mesma coisa, porque é obtida da raiz inteira, seca ou assada, e posteriormente moída e convertida em um pó fino de textura leve e sabor neutro.

É por isso que todos os nutrientes da raiz estão presentes na farinha de mandioca. Entre esses nutrientes, destacam-se a vitamina C e a fibra que fornece ao organismo.

Além disso, a raiz de mandioca é uma boa fonte de carboidratos complexos e tem menos gorduras, açúcares e sódio (sal) do que outras farinhas como trigo, milho, amêndoa ou arroz.

Menos gorduras e açúcares

Esta farinha é um produto totalmente natural, livre de conservantes, gorduras ou açúcares adicionados, capaz de fornecer energia de forma progressiva pelo seu teor de carboidratos complexos.

Tem menos gorduras e açúcares do que outras farinhas com e sem glúten, por isso é adequado tanto para pessoas com diabetes, como para aquelas que devem reduzir seus níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue.

Receba Notícias e Conteúdos Legais em nosso WhatsApp!
*Só nós postamos no grupo, então não há spam! Pode vir tranquilo.

A menor presença de gorduras também contribui para manter a pressão arterial em níveis adequados.

Aliada de dietas de emagrecimento

Ter menos gorduras e açúcares é o que faz desta farinha uma das mais adequadas, especialmente se você estiver seguindo uma dieta para perder peso e emagrecer, onde a ingestão deste tipo de alimentos deve ser limitada.

Tenha em conta, além disso, o seu elevado teor de fibras, indispensável na hora de depurar o organismo eliminando gorduras e toxinas.

Menos sal

É um dos alimentos com menos teor de sódio que você pode encontrar. Bem, portanto, para reduzir a hipertensão e ajudar a boa saúde cardiovascular.

Com o seu uso, reduzimos a ingestão de sal, gorduras e açúcares, aumentando a fibra na nossa dieta. Todos os benefícios!

Siga-nos no Google News:

Relacionados:

Deixe um comentário