A inconfundível obra do pintor moderno Arthur Nísio apropriada pelo artista contemporâneo Tony Camargo: essa é a proposta da nova exposição do Museu Paranaense, ?Isto não é um Nísio?, com abertura marcada para o dia 14 de setembro. Através de uma instalação, Tony Camargo faz refletir sobre a originalidade, assim como sobre questões relacionadas à experiência do corpo em contato com o objeto artístico. – Curitiba, 13/09/2021. Foto: MUPA.

A inconfundível obra do pintor moderno Arthur Nísio apropriada pelo artista contemporâneo Tony Camargo: essa é a proposta da nova exposição do Museu Paranaense, ?Isto não é um Nísio?, com abertura marcada para o dia 14 de setembro. Através de uma instalação, Tony Camargo faz refletir sobre a originalidade, assim como sobre questões relacionadas à experiência do corpo em contato com o objeto artístico. - Curitiba, 13/09/2021. Foto: MUPA.



A inconfundível obra do pintor moderno Arthur Nísio apropriada pelo artista contemporâneo Tony Camargo: essa é a proposta da nova exposição do Museu Paranaense, ?Isto não é um Nísio?, com abertura marcada para o dia 14 de setembro. Através de uma instalação, Tony Camargo faz refletir sobre a originalidade, assim como sobre questões relacionadas à experiência do corpo em contato com o objeto artístico. – Curitiba, 13/09/2021. Foto: MUPA.

Leia também:

Deixe um comentário