Atualizado em 25/10/2022 11:06 por Éter 7 News
Início Saúde Entenda o que é amigdalite bacteriana

Entenda o que é amigdalite bacteriana

Dor de garganta é uma queixa muito comum, é importante entender quando a amigdalite bacteriana está presente e se é preciso fazer a intervenção por meio de um antibiótico. Geralmente, são mais comuns em crianças acima de três anos de idade e adolescentes.



Ela é transmitida por gotículas, então é muito comum ter surtos de amigdalite bacteriana principalmente em algumas atividades, como, na escola, acampamentos e até mesmo entre irmãos.

Na amigdalite bacteriana tem uma classe de bactérias em específico que é preocupante, isto é, as estreptococos e pneumococos.

A infecção na garganta por essas bactérias faz com que se desenvolvam complicações não supurativas, ou seja, inclui algumas situações, como:


  • Febre reumática;
  • Inflamação de uma região do rim;
  • Alta pressão arterial;
  • Urinar menos vezes que o normal.

Por isso, é extremamente necessário tratar a amigdalite bacteriana para evitar essas complicações. Além do mais, pode desenvolver alguns sintomas.

Quais são os principais sintomas da amigdalite bacteriana?

Amiga elite bacteriana costuma ter o quadro mais exacerbado, então poderá possuir alguns sintomas, como:

  • Dor de garganta;
  • Febre;
  • Dor abdominal;
  • Vômitos;
  • Dor de cabeça.

Além desses sintomas, pode haver o inchaço e a vermelhidão formando placas brancas que recobrem toda a amígdala.

Existem pessoas que possuem o costume ou por alguma dificuldade, respiram pela boca e isso pode ser um grande contribuinte para a inflamação da garganta.

Porquanto, quando o ar entra sem passar pelo nariz, não passa pelas mesmas proteções contra algumas substâncias infecciosas, fazendo com que passe a ficar mais vulnerável.

Além dessa questão, pode influenciar nos dentes, pelo paciente respirar com a boca aberta por muita das vezes ele empurra os dentes com a língua para que o ar passe, fazendo com que a arcada dentária acabe se alterando.

Nesse caso, é importante procurar um ortodontista e iniciar o tratamento com o aparelho dentário invisível.

Acaba sendo muito importante procurar um ortodontista, porquanto os dentes alinhados são de extrema importância.

Por exemplo, quando os dentes estão tortos, eles ficam mais difíceis de realizar a higienização, principalmente de alcançar as suas extremidades.

Quando isso ocorre, resulta no acúmulo de bactérias e poderá desenvolver algum tipo de doença, por exemplo, a periodontite, uma inflamação nos tecidos que suportam o dente.

Caso essa inflamação não seja bem tratada, ela também poderá se desenvolver e se alastrar por toda a boca afetando a garganta, assim como a garganta também pode impactar nos dentes.

Por isso é extremamente importante manter bons hábitos de higiene além de fazer o tratamento com o aparelho dental de porcelana. É extremamente importante que ela seja tratada.

Quais são os tipos de tratamentos que podem ser feitos para a amigdalite?

Quando a doença é tratada, o tempo dela é diminuído e vai ser reduzida a transmissibilidade, além de diminuir as complicações.

Por causa da bactéria é necessário fazer o tratamento por meio de um antibiótico, como por exemplo a amoxicilina.

Dependendo da situação, o paciente poderá até fazer a utilização de analgésicos que peço a recuperação e remédios para diminuição da febre.

Caso a amigdalite seja bem recorrente, de acordo com a indicação do médico, poderá fazer um tratamento para melhorar a imunidade.

Ou se o aparecimento da amigdalite for por conta das infecções dentais, ressaltando os dentes tortos, que possuem o acúmulo de bactérias o paciente poderá primeiro tratar a causa, fazendo a utilização da lente de dente.

Quando a imunidade fica em um nível adequado, isso faz com que evite do paciente adquirir inflamações.

Receba Notícias e Conteúdos Legais em Nosso WhatsApp!
*Só nós postamos no grupo, então não há spam! Pode vir tranquilo.

No entanto, se ela persistir mesmo com todos esses tratamentos, o especialista poderá indicar uma cirurgia de retirada das amígdalas.

É uma anestesia bem simples, onde o paciente recebe a anestesia geral, e fica alguns dias de repouso. Mas, o melhor tratamento sempre é a prevenção.

Leia também:

Como prevenir as amigdalites?

É importante que ocorra a lavagem frequente das mãos e não haja o compartilhamento de itens de uso pessoal. É necessário se atentar às pessoas que estão com a doença e não ficar muito próximo.

Além do mais, é fundamental manter os hábitos saudáveis, e quando se trata da imunidade, logo em seguida vem a ingestão da água.

A água é extremamente importante para a hidratação do corpo, irá prevenir o ressecamento da garganta e evitar a inflamação.

Quando a garganta está seca, o paciente poderá desenvolver a xerostomia, e ela irá influenciar na saúde bucal, porquanto a garganta e os dentes estão ligados.

Com a boca seca, a produção de saliva é diminuída e isso faz com que cause muitas consequências para a cavidade oral.

Pode resultar no aparecimento de algumas doenças, como as cáries, e elas podem trazer uma deterioração na parte branca dos dentes, fazendo com que seja necessário que o paciente busque sobre o clareamento dental preço.

Por fim, a amigdalite é uma doença infecciosa que influencia nas amígdalas, e pode ser prevenida por meio de bons hábitos, principalmente de higienização.

O melhor tratamento é sempre a prevenção, mas, quando acontece do paciente ser acometido, poderá resolver por meio de analgésicos, antibióticos ou até mesmo por uma cirurgia.

Dependendo da situação, essa dor de garganta pode ter partido de uma inflamação na gengiva ou algo relacionado. E às vezes, por consequência o paciente terá que realizar um procedimento estético de clareamento dental.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Siga-nos no Google News:

Relacionados:

Deixe um comentário