Atualizado em 20/06/2022 21:22 por Éter 7 News

Início Saúde Como a boca pode ser afetada pelos lúpus?
Como a boca pode ser afetada pelos lúpus?. Foto: Pimple face photo created by freepik - www.freepik.com.

Como a boca pode ser afetada pelos lúpus?

Como a boca pode ser afetada pelos lúpus?. Foto: Pimple face photo created by freepik - www.freepik.com.

O lúpus é uma doença autoimune, ela acontece quando o sistema imunológico passa a afetar os órgãos, como se estivessem lutando uns com os outros. Saiba como isso pode influenciar na saúde bucal.

O que é o Lúpus?

Lúpus é uma doença inflamatória autoimune e crônica, ela possui diferentes níveis de gravidade e atinge vários órgãos, sendo caracterizado por períodos em que está mais ativo e outros que se encontra menos ativo.

Leia também:


Essa doença pode afetar vários lugares do corpo e cada pessoa tem uma forma diferente para a doença se manifestar.

Tipos de Lúpus

Existe o lúpus cutâneo – que atinge a pele-, e o sistemático – que fere os órgãos internos, como, coração, pulmões, rins e as articulações.

A causa dessa doença ainda é desconhecida, mas o que os especialistas sabem é que fatores genéticos podem ajudar para o surgimento dela.





Por ser autoimune, ou seja, acontecendo uma falta de regularização do sistema imunológico, o lúpus não é contagioso.

O sistema imunológico passa a estranhar o próprio corpo, fazendo com que os órgãos comecem a “brigar”.

Sintomas

Os sintomas acontecem por causa de reações inflamatórias que acometem vários órgãos, seja simultaneamente ou um após o outro. Geralmente no início da doença os sintomas são fadiga, febre baixa, emagrecimento e falta de apetite.

Conforme o tempo passa e a doença vai se desenvolvendo, os sintomas passam a mudar se tornando mais severos, como, queda de cabelo, lesões na pele e dor nas articulações.

Em casos mais graves, pode ocorrer:

  • Perda de cabelo;
  • Lesões na pele;
  • Dores nas articulações;
  • Lesões da mucosa (feridas na cavidade oral);
  • Inflamação nos rins, pulmão e coração.

Além disso, o lúpus cutâneo é caracterizado por manchas avermelhadas na pele, principalmente no rosto ou em áreas que ficam mais expostas ao sol.

Diagnóstico

Após o paciente fazer a observação dos sintomas, é realizado um exame chamado fator antinuclear. Se for positivo, o doutor especializado em reumatologista passará a investigar os anticorpos específicos.

Esse exame irá mostrar que o paciente produz anticorpos contra seus próprios tecidos e células.

Como o lúpus pode influenciar na saúde bucal?

Referente às feridas da mucosa, pode ser apresentada algumas manifestações, como, gengivite e lesões erosivas.

1.    Gengivite

A gengivite pode ser desenvolvida por meio da má higienização oral, ela é adquirida ao longo do tempo, pelo fato da gengiva acumular resíduos alimentícios.

Quando a gengiva começa a ficar inchada e avermelhada, é um sinal de gengivite.

Essa situação, também pode ocasionar dentes amarelados, sendo necessário o paciente fazer a verificação do clareamento dental quanto custa.

Se a gengivite não for bem tratada, é possível que sofra alteração de fortalecimento, perdendo as forças de segurar os dentes, podendo deixar os dentes moles, resultando na perda deles.

Essa situação costuma acontecer quando a gengivite está num nível extremamente avançado.

Se ocorrer, é extremamente necessário que o paciente vá até o dentista especializado em prótese.  A perda de dentes causa muitas consequências, não sendo recomendado que o paciente fique sem os dentes.

Os tratamentos ortodônticos também são aliados para evitar o acúmulo de bactérias, porquanto os dentes tortos podem ser os principais colaboradores para que aquelas bactérias fiquem acumuladas entre os dentes.

Pode ser realizado através do aparelho dentário móvel, ele ajudará no alinhamento dos dentes se o tratamento for feito corretamente.





2.    Cáries

Pelas lesões geradas pelo lúpus, é possível que o paciente tenha dificuldade em fazer uma boa higienização bucal, podendo desenvolver cáries.

As cáries também estão ligadas à falta de escovação e o mau uso do fio dental, a boca constitui o meio ideal para a diversidade de bactérias.

Além da falta de escovação, essas bactérias se fermentam através do contato em excesso com açúcar, e se não for tratado de forma correta, pode consumir o dente, sendo necessário uma consulta com o dentista endodontia.

Quando a cárie está na sua fase inicial, por muitas das vezes, apenas uma limpeza ou até mesmo uma simples restauração pode resolver o problema.

Se ela já estiver em fase avançada e tiver atingido a polpa do dente, que é o nervo considerado a parte viva do dente, será necessário o tratamento com o endodontista.

O endodontista nada mais é do que o dentista especialista em canal, ele fará o procedimento nos dentes para que evite que o paciente possa perdê-lo.

Tratamentos

Para o tratamento de lúpus, o médico reumatologista avalia a gravidade dos sintomas.

Para essa doença, não existe cura, mas é possível controlá-la. O tratamento irá depender do tipo de lúpus que o paciente manifestar.

1.    Medicamentos

Uma medicação bastante utilizada no tratamento desta doença, é a hidroxicloroquina, mas, quando os sintomas estão presentes de forma mais grave é necessário a administração de imunossupressores.

2.    Imunossupressores

Este é um grupo de medicamentos conhecidos como imunossupressores, eles são utilizados para controlar a alteração autoimune que ocorre no lúpus, principalmente quando a doença ocorre em órgãos vitais ou inflamação na pele.

Esses imunossupressores possuem mecanismo de ação e eficácia diferente no controle dos sintomas, por isso deve ser prescrito por médicos.

Os métodos sendo utilizados de forma regular, o paciente terá um alívio nas dores podendo viver sua vida normalmente.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Siga-nos no Google News:

Relacionados:

Deixe um comentário