ASMR, você já ouviu falar?

Foto: Brett Sayles no Pexels.

Atualizado em 18/06/2020 13:13 por Éter 7 News

Algum amigo indicou ASMR, e você não faz a mínima ideia do que ele estava falando? Acompanhe abaixo.

ASMR, acrônimo de Autonomous Sensory Meridian Response, para o português: Resposta Autônoma Sensorial do Meridiano, causa estranheza em quem vive essa experiência pela primeira vez.

Mas do que se trata, afinal?

São vídeos, em que você assiste ou apenas escuta, com seus fones de ouvido, de preferência, para um melhor aproveitamento. São produzidos barulhos de objetos atritando, sussurros, entre outros que derivam da criatividade do artista que provocam sensações corporais, relaxamento e sono. Esses objetos podem ser escovas de cabelo, spinners, pentes, embalagens plásticas, e etc.

Além dos barulhos, também é trabalhado o aspecto lúdico, é contada uma mini história, e ela pode ser uma ida ao cabeleireiro, uma sessão de massagem cerebral, ou mesmo a equalização dos ouvidos. Existe um cenário bem decorado e percebe-se um microfone de excelente qualidade.

A experiência é boa e realmente induz ao relaxamento, consegui dormir rapidamente após assistir uma única vez. Para aqueles que buscam uma explicação mais científica, saibam que departamentos de psicologia de algumas universidades ao redor do mundo realizaram estudos sobre o ASMR, e isso pode ser melhor visualizado aqui nessa página do Wikipédia na seção de Pesquisa científica.

Em breve pesquisa no youtube, você pode encontrar diversos vídeos de diferentes artistas.

Convido o leitor a assistir um vídeo de ASMR profissional, produzido pela artista Mariane Carolina Rossi, ou Sweet Carol, como é melhor conhecida em seu canal no youtube. Seus vídeos têm em média 20 minutos, e quando chegam ao fim, fica aquela vontade de assistir novamente.

Sente-se confortavelmente e coloque os fones de ouvido:

Pode contar como foi? Aqui nos comentários, logo abaixo!

Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *