Logística Reversa de Medicamentos

Logística Reversa e Descarte de Medicamentos, Rede Hiperfarma. Divulgação.

Logística Reversa de Medicamentos

Atualizado em 16/06/2020 21:51 por Éter 7 News

Legislação que trata da Política Nacional de Resíduos Sólidos cobra mais responsabilidade com o descarte e a destinação final de remédios e medicamentos sem uso.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos teve um novo capítulo no dia 05 de junho. O decreto nº 10.388, publicado pelo Governo Federal, regulamenta um parágrafo da Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Esta lei instituiu o sistema de logística reversa de medicamentos domiciliares vencidos ou em desuso, de uso humano, industrializados e manipulados, e de suas embalagens após o descarte pelos consumidores.

O objetivo é diminuir os impactos que produtos químicos contidos nos medicamentos causam nos recursos hídricos, se descartados no lixo, vaso sanitário ou pia do banheiro, por exemplo. O decreto entrará em vigor 180 dias após a data de sua publicação.

Calcula-se que para cada quilograma de medicamento descartado de forma incorreta, cerca de 450 mil litros de água são contaminados. A partir de agora compradores, vendedores, distribuidores e fabricantes de medicamentos terão sua parcela de responsabilidade na destinação correta de remédios e medicamentos vencidos ou em desuso. As farmácias deverão ter uma caixa específica para receber tanto as embalagens, quanto os produtos, que serão levados pelos consumidores. Os distribuidores destes produtos ficam responsáveis por coletar o material e dar seguimento à logística reversa.

Live sobre logística reversa e descartes de medicamentos

Amanhã (quarta-feira), a partir das 20 horas, o assunto será tratado em uma live, transmitida pela fanpage da rede de farmácias Hiperfarma no Facebook. O jornalista Davi Etelvino entrevistará o Dr. Javier Gamarra Junior, que é professor universitário e coordenador do Grupo de Trabalho sobre Medicamentos do Paraná.

A live faz parte da campanha “Descartar com responsabilidade é nosso dever”, da Rede Hiperfarma, que entre outras ações inclui a conscientização da população para o descarte correto de medicamentos vencidos e remédios em desuso.

Para reforçar a campanha, a Hiperfarma criou três personagens que estão nas peças de comunicação da rede. Resfrinaldo, Xaropito e Vitaminilda são três medicamentos que tiveram os prazos de validade vencidos e perderam seus poderes para tratar as doenças. E o pior: agora eles contaminam o meio ambiente se descartados de forma errada. As histórias dos três, com dicas e sugestões de como proceder em casos assim, são contadas nas redes sociais da Rede Hiperfarma. Um gibi, que trata o assunto de forma lúdica, também está sendo distribuído nas lojas da Rede.

SERVIÇO
O que: Live – Logística Reversa e Descarte de Medicamentos
Quando: Quarta-feira (17), às 20h
Onde: Fanpage da Rede Hiperfarma no Facebook (@redehiperfarma)

Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *